"A Despedida" | © NOS audiovisuais

Awkwafina | Perfil de uma estrela em ascensão

Awkwafina é uma atriz, compositora e rapper norte-americana de origem chinesa e coreana. Começou a sua actividade profissional no mundo do espectáculo em 2011, mas foi 2019 que ditou o seu novo estatuto como estrela em ascensão ao liderar o filme “A Despedida”, de Lulu Wang. Venham descobrir a sua ainda curta mas promissora carreira! 

Awkwafina é o nome profissional de Nora Lum, a jovem nova iorquina de ascendência chinesa e coreana que, na edição de 2020 dos Globos de Ouro, levou para casa o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Comédia pela sua prestação no filme “A Despedida”, de Lulu Wang, um dos grandes sucessos indie do ano, não obstante ter fechado aos Óscares sem indicações depois de uma tremenda temporada de prémios.

Nora Lum, de 31 anos, fez história nos Globos, como a primeira atriz de ascendência asiática a levar para casa um Globo para Melhor Atriz. Custa a crer, mas como sabemos, Hollywood não tem o melhor historial no que diz respeito a diversidade étnica e se a representatividade de negros é pouca, a de  asiáticos é ainda mais reduzida. Por isso, esta atriz e cantora deixou já aqui uma clara marca. Foi um dos maiores snubs na categoria de Melhor Atriz Principal aquando das nomeações aos Óscares, que acontecem já no dia 9 de fevereiro. Embora não tenha sido nomeada, deixou já a sua marca e a partir daqui poderemos certamente esperar grandes sucessos da sua parte!

1 de 3

UM ANO EM ALTAS (2019)

A Despedida Awkwafina
Awkwafina é a estrela de um enternecedor filme de elenco |©NOS Audiovisuais

Em 2020, como testemunho do referido sucesso que tem vindo a alcançar, foi nomeada aos BAFTA para um prémio separado da competição principal, votado pelo público, o “EE Rising Star Award”, um prémio que a Academia Britânica entrega anualmente, desde 2004, a talentos em ascensão. Este é um prémio que acarreta bastante peso na indústria, tendo já reconhecido inúmeros talentos que viriam a tornar-se enormes estrelas. Talentos como James McAvoy em 2006, Eva Greeen em 2007, Shia LaBeouf em 2008, Kristen Stewart em 2010, Tom Holland em 2017, entre outros. 

Com os vencedores dos BAFTA, que aconteceram hoje, dia 2 de fevereiro de 2020, já anunciados, sabemos que Lum perdeu para o britânico Michael Ward. Não obstante, a própria nomeação simboliza o reconhecimento de um futuro promissor. 

A prestação de Awkwafina em “A Despedida” (2019) valeu-lhe ainda a vitória do “Satellite Award” para Melhor Atriz de Comédia, a distinção como Melhor Atriz nos Prémio Gotham e a indicação por parte de inúmeros ciclos de críticos. Tendo em conta a ausência da nomeação aos SAG, os prémios do sindicato dos actores de Hollywood, a sua nomeação ao Óscar já parecia tremida, mesmo com a vitória nos Globos de Ouro a colocá-la nas bocas do mundo. Mesmo sem chegar à nomeação ao Óscar, 2018 e especialmente 2019 colocaram Awkwafina inequivocamente numa rampa de lançamento.

Agora recuperamos a sua ascensão ao longo da última década, antevendo um futuro risonho nos novos anos 20!

1 de 3

Maggie Silva

Mestre em Ciências da Comunicação na vertente de Cinema e Televisão pela FCSH-UNL. Dependente de cultura pop e cinema indie. Campeã suprema do binge watch, sempre disposta a partilhar dois dedos de conversa sobre o último fenómeno a atacar o pequeno ou grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *