A Caminho dos Óscares 2013 (II)

 

ZERO DARK THIRTY

O novo filme de Kathryn Bigelow (“Estado de Guerra”) está a fazer sucesso junto da crítica. Foi um dos últimos candidatos a ser apresentado à imprensa mas já há quem diga que Zero Dark Thirty “rebenta com Argo”. São de esperar nomeações para Melhor Filme, Melhor Realizador(a), Melhor Argumento Original (fortíssimo candidato), Melhor Edição, Melhor Montagem de Som e Melhor Som. Mas as suas maiores probabilidades de vitória estão no elogiadíssimo desempenho de Jessica Chastain que emerge como candidata a roubar o Óscar quase certo de Jennifer Lawrence para Melhor Atriz.

NOS CINEMAS A 17 DE JANEIRO DE 2013

THE MASTER

Depois de Veneza, não se ouvia outro nome. Era como se à partida o Óscar já estivesse atribuído em setembro. Nada disso. “The Master” tem vindo a cair nas previsões e não se encontra no Top 5 no acesso ao prémio máximo. Mesmo assim, há uma quantidade considerável de nomeações (e vitórias) que são muito prováveis: Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Argumento Original (muitas esperanças nesta categoria), Melhor Ator Secundário (Philip Seymour Hoffman na frente da corrida), Melhor Ator (Joaquin Phoenix), Melhor Atriz Secundária (Amy Adams nos calcanhares de Anne Hathaway), Melhor Fotografia, Melhor Edição, Melhor Banda Sonora e… já são bastantes!

NOS CINEMAS A 17 DE JANEIRO DE 2013

BEASTS OF THE SOUTHERN WILD

Há sempre um filme surpresa nestes prémios. Este ano é a vez do mágico “Beasts of The Southern Wild”. Vencedor de Sundance e colecionador de inúmeros prémios nos mais variados festivais, “Beasts of the Southern Wild” é daqueles filmes que sairá vencedor pelo simples facto de estar nomeado: Melhor Filme, Melhor Atriz (para a força da natureza, Quvenzhané Wallis, de apenas 8 anos), Melhor Argumento Adaptado, Melhor Fotografia e Melhor Banda Sonora (poderosa!) são nomeações muito prováveis.

NOS CINEMAS EM FEVEREIRO DE 2013

AMOUR

Limpou quase todos os Prémios do Cinema Europeu (Filme, Realizador, Ator e Atriz) e levou Michael Haneke à apoteótica vitória em Cannes. Chega aos Óscares com estatuto de favorito no Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, mas não deve ficar por aqui. Nomeações para Melhor Atriz (Emmanuelle Riva), Melhor Argumento Original e até Melhor Filme são possíveis.

NOS CINEMAS A 6 DE DEZEMBRO

THE SESSIONS

Foi, à semelhança de “Beasts of The Southern Wild”, um dos vencedores de Sundance e possui uma temática que costuma agradar à Academia. Porém o seu estatuto de favorito em algumas categorias tem vindo a perder-se. John Hawkes (Melhor Ator) e Helen Hunt (Melhor Atriz Secundária) já foram vencedores mais prováveis. De resto, só uma nomeação para Melhor Argumento Adaptado poderá surgir… ou então uma inesperada menção honrosa com a nomeação para Melhor Filme.

NOS CINEMAS A 17 DE JANEIRO DE 2013

Veja a primeira parte desta caminhada em: Argo, Les Misérables, Lincoln, Silver Linings Playbook e Life of Pi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *