Festival de Cannes: As Secções Paralelas Canceladas!

A Semana da Critica, Quinzena dos Realizadores e ACID, as secções paralelas do Festival de Cannes acabaram hoje de cancelar as suas edições 2020, devido à pandemia de Covid-19.

Estas secções — Semana da Critica, Quinzena dos Realizadores e ACID — deviam-se habitualmente realizar em paralelo com o Festival de Cannes, nas datas de 12 a 23 de maio. Entretanto tal como o evento principal, pareciam aguardar se seria possível remarcarem novas datas entre o final de junho e início de julho. Abandonaram já essa possibilidade, depois que o governo francês estendeu a proibição de grandes reuniões, até meados de julho e cancelaram as suas edições 2020, também como reflexo desse discurso ao país anteontem do Presidente Emmanuel Macrón.

Festival de Cannes

As direcções destas secções comunicaram-no oficialmente esta manhã: ‘Após o anúncio de 13 de abril, do presidente francês, que proíbe a realização de qualquer festival até meados de julho, as seções paralelas do Festival de Cannes reconhecem que o adiamento anteriormente considerado para o final de junho, início de julho, deixou de ser uma opção. Consequentemente, a Quinzena dos Realizadores, Semana da Crítica e ACID lamentam anunciar o cancelamento das suas edições de 2020 em Cannes’, disseram as direcções das três secções de filmes, em comunicado conjunto. ‘A crise sanitária que estamos todos actualmente a enfrentar, torna impossível antecipar o que ira acontecer. No entanto, para apoiar toda a indústria cinematográfica que está sofrer um forte impacto devido às circunstâncias atuais, cada secção, de acordo com o Festival de Cannes, está à procura da melhor maneira de continuar a apoiar os filmes submetidos nesta edição de 2020’, acrescentaram em comunicados assinado em conjunto pelas três equipas de programadores. O Festival de Cannes abandonou as datas de 12 a 23 de maio, no passado dia 19 de março, devido ao agravamento do Covid-19 em França, mas prometeu continuar a trabalhar no seu processo de selecção de filmes, com o objectivo ao mesmo tempo de encontrar uma solução e uma forma realizar o evento, um dos mais importantes encontros anuais do mundo, para os negócios internacionais de cinema.

Festival de Cannes

Tal como dissemos ontem o seu director-artístico Thierry Frémaux mantêm-se apegando às esperanças de que o Festival de Cannes possa de alguma forma realizar-se, embora não estejam definidas quaisquer opções viáveis ​​nesta fase, nem mesmo o on-line que está completamente posto fora de questão. No entanto, está já planeado um mercado on-line em alternativa ao Marché du Film, previsto para 22 de junho, enquanto compradores e vendedores dos EUA disseram ontem  à revista Screen International, ontem que estavam intensificando todos os esforços, para lançarem mais iniciativas virtuais unilaterais ao mesmo tempo, para salvar a indústria de cinema em todo o mundo.

José Vieira Mendes

José Vieira Mendes

Jornalista, crítico de cinema e programador. Licenciado em Comunicação Social, e pós-graduado em Produção de Televisão, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. É actualmente Editor da Magazine.HD (www.magazine-hd.com). Foi Director da ‘Premiere’ (1999 a 2010). Colaborou no blog ‘Imagens de Fundo’, do Final Cut/Visão JL , no Jornal de Letras e na Visão. Foi apresentador das ‘Noites de Cinema’, na RTP Memória e comentador no Bom Dia Portugal, da RTP1.  Realizou os documentários: ‘Gerações Curtas!?’ (2012);  ‘Ó Pai O Que É a Crise?’ (2012); ‘as memórias não se apagam’  (2014) e 'Mar Urbano Lisboa (2019). Foi programador do ciclo ‘Pontes para Istambul’ (2010),‘Turkey: The Missing Star Lisbon’ (2012), Mostras de Cinema da América Latina (2010 e 2011), 'Vamos fazer Rir a Europa', (2014), Mostra de Cinema Dominicano, (2014) e Cine Atlântico, Terceira, Açores desde 2016, até actualidade. Foi Director de Programação do Cine’Eco—Festival de Cinema Ambiental da Serra da Estrela de 2012 a 2019. É membro da FIPRESCI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *