as estrelas da noite do Critics Choice Awards

Glenn Close e Lady Gaga empatam nos Critics’ Choice Awards

Glenn Close, Lady Gaga e “Roma” fazem história na 24ª edição dos Critics’ Choice Awards e rumam em direcção ao Óscares. 

Foram anunciados os vencedores da 24ª edição dos Critics Choice Awards, numa noite que coloca “Roma” ainda mais perto dos Óscares. Além disso, existiram outras surpresas com destaque para as vitórias de Glenn Close (“A Mulher”) e Lady Gaga (“Assim Nasce Uma Estrela”), que empataram ao levar para casa o Critics Choice de Melhor Atriz.

Willem Dafoe foi responsável por entregar o galardão e também ele ficou surpreso com o sucedido. Primeiro foi a vez de Glenn Close receber o seu galardão e depois foi a vez de uma emotiva Lady Gaga recebê-lo. Ambas as atrizes pousaram depois juntas para os jornalistas e fotógrafos.

Close e Gaga venceram Melhor Atriz nos Critics Choice

Critics’ Choice Awards
As estrelas dos Critics’ Choice Awards

Glenn Close enalteceu no seu discurso as mulheres que pertencem à indústria cinematográfica.

Estou tão emocionada que houve um empate. Eu estava pensando que o meio coloca-nos umas contra as outras nesta profissão, e eu sei que todas as mulheres nesta categoria, acho que posso falar por todas as mulheres no recinto, nós nos celebramos umas as outras. Estamos orgulhosas de estar aqui juntas.

Já Lady Gaga que teve um dos discursos mais emotivos da noite e também ela ficou radiante com o empate, ficando mesmo em lágrimas. No discurso agradeceu a Bradley Cooper, à sua mãe e ainda aos emigrantes italianos, de quem ela mesmo é descendente. Aliás o seu nome de batismo é italiano, Stefani Joanne Angelina Germanotta.

A minha mãe e a Glenn são muito amigas. Estou tão feliz que ganhaste este prémio esta noite (…) Bradley, tu és um cineasta mágico. E és tão mágico como um ser humano. Eu nunca tive uma experiência com um realizador ou ator como a que eu tive contigo, vou lembrar-me disso para sempre. Foi a coisa mais difícil que eu já fiz (…) Mas eu quero agradecer a uma coisa mais que tudo. Quero agradecer à vida por todas as experiências que tive para chegar a este papel. (…) Eu quero dedicar este prémio hoje para todas as pessoas que já sofreram com alcoolismo ou vício, e para aqueles que já viram o seu amor sofrer alguma vez. Eu quero nada mais do que mostrar a verdade e o poder dessa dinâmica desoladora. A verdadeira estrela do filme não sou eu, é coragem e perseverança. Obrigada, eu amo-vos.

De destacar também o discurso de Taye Diggs, ator de “Chicago”, que foi o anfitrião da noite. No seu discurso de abertura destacou sobretudo a diversidade de filmes e de programas de televisão.

Foi um grande ano para filmes e programas de TV e não só foi um ano incrível para a criatividade, como também foi para a inclusão de todas as pessoas sub-representadas. Todas essas pessoas de todos os géneros e orientações desempenharam papéis proeminentes tanto em frente como por atrás das câmaras em muitos dos maiores filmes, séries de TV e streaming deste ano. Estou falando de homens e mulheres de ascendência asiática, latino-americanos, nativos americanos e das Ilhas do Pacífico. Mas particularmente foi um ótimo ano para os afro-americanos. Os cineastas negros ganharam um recorde de 1,5 bilhão de dólares nas bilheterias domésticas em 2018

Voltado ao início da conversa, “Roma” foi o grande vencedor ao levar para casa quatro prémios dos oito aos quais estava nomeado. Venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Fotografia e Melhor Filme Estrangeiro. Esta é a primeira vez que o filme vencedor da categoria de Melhor Filme dos Critics Choice Awards é uma produção estrangeira.

A produção fez ainda história ao ser a primeira produção da Netflix a ganhar o principal troféu da noite. Com sucesso atrás de sucesso, o filme de Alfonso Cuarón, inspirando nas suas memórias pessoais, continua a impressionar tudo e todos ao fazer história.

Roma continua o ser caminho para os Óscares 2019

Critics’ Choice Awards
Alfonso Cuarón em destaque com as principais atrizes de “Roma” por detrás

A BFCA é a organização americana com o maior número de críticos, oriundos dos mais diversos meios de comunicação como cinema, televisão, rádio e até internet. Em baixo podes conhecer a lista completa de vencedores dos Critics Choice Awards e algumas das fotos mais emblemáticas.

Lê Também:
A Caminho dos Óscares 2019: Os favoritos ao prémio de Melhor Ator

Critics Choice Awards 2019 | Lista Completa de Nomeados

Categorias de Cinema

MELHOR FILME

“Roma”

MELHOR ATOR

Christian Bale, “Vice”

Critics’ Choice Awards
Christian Bale venceu Melhor Ator e Melhor Ator Comédia e torna-se o favorito ao Óscar na categoria

MELHOR ATRIZ (empate)

Glenn Close, “The Wife” e Lady Gaga, “A Star Is Born”

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Mahershala Ali, “Green Book”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Regina King, “If Beale Street Could Talk”

MELHOR JOVEM ATOR/ATRIZ 

Elsie Fisher, “Eighth Grade”

MELHOR ELENCO

“The Favourite”

MELHOR REALIZADOR

Alfonso Cuaron, “Roma”

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

Paul Schrader, “First Reformed”

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

Barry Jenkins, “If Beale Street Could Talk”

MELHOR FOTOGRAFIA

Alfonso Cuaron, “Roma”

MELHOR DIRECÇÃO ARTÍSTICA

Hannah Beachler and Jay Hart, “Black Panther”

MELHOR MONTAGEM

Tom Cross, “First Man”

MELHOR GUARDA-ROUPA

Ruth Carte, “Black Panther”

MELHOR MAQUILHAGEM & CABELOS

“Vice”

MELHORES EFEITOS VISUAIS

“Black Panther”

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

“Spider-Man: Into the Spider-Verse”

MELHOR FILME DE AÇÃO

“Mission: Impossible – Fallout”

MELHOR COMÉDIA

“Crazy Rich Asians”

MELHOR ATOR EM COMÉDIA

Christian Bale, “Vice”

MELHOR ATRIZ EM COMÉDIA

Olivia Colman, “The Favourite”

MELHOR FILME DE HORROR OU SCI-FI

“A Quiet Place”

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

“Roma” (México)

MELHOR BANDA-SONORA 

Justin Hurwitz, “First Man”

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

“Shallow” (from “A Star Is Born”)

Critics’ Choice Awards
Lady Gaga e Anthony Rossomando recebem o galardão de Melhor Canção Original

CATEGORIAS DE TELEVISÃO

MELHOR SÉRIE DE DRAMA

“The Americans”

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA

Matthew Rhys, “The Americans”

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA

Sandra Oh, “Killing Eve”

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO EM SÉRIE DRAMÁTICA

Noah Emmerich, “The Americans”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA EM SÉRIE DRAMÁTICA

Thandie Newton, “Westworld”

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA

“The Marvelous Mrs. Maisel”

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA

Bill Hader, “Barry”

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE COMÉDIA

Rachel Brosnahan, “The Marvelous Mrs. Maisel”

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO EM SÉRIE DE COMÉDIA

Henry Winkler, “Barry”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA EM SÉRIE DE COMÉDIA

Alex Borstein, “The Marvelous Mrs. Maisel”

MELHOR MINISSÉRIE

“The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”

MELHOR TELEFILME

“Jesus Christ Superstar Live in Concert”

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME

Darren Criss, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME (empate)

Amy Adams, “Sharp Objects” e Patricia Arquette, “Escape at Dannemora”

Critics’ Choice Awards
Amy Adams e Patricia Arquette triunfam nos Critics Choice Awards com um empate na categoria de Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO EM MINISSÉRIE OU TELEFILME

Ben Whishaw, “A Very English Scandal”

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA EM MINISSÉRIE OU TELEFILME

Patricia Clarkson, “Sharp Objects”

MELHOR SÉRIE DE ANIMAÇÃO

“BoJack Horseman”

 

O que pensas da lista de vencedores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *