Google

Google lança novas extensões para melhorar privacidade

As novas extensões do Google Chrome visam minimizar o acesso aos dados dos utilizadores.

O Google está a desenvolver um conjunto de restrições para as extensões do Google Chrome, com o intuito de tornar os complementos do navegador mais adequados à privacidade dos utilizadores.

A principal mudança é que agora, é necessário utilizar todas as extensões quando é pedido o acesso aos dados do utilizador.

Lê Também:
Apple surpreende com novo serviço de streaming

Uma outra alteração prende-se com o facto de o Google passar a exigir mais extensões para postar políticas de privacidade no Chrome Web Store. Este requisito já está em vigor para extensões que exigem “dados pessoais e confidenciais do utilizador”, mas agora está a ser expandida para extensões que precisam de acesso a qualquer tipo de comunicação pessoal ou conteúdo gerado pelo utilizador.

As extensões que não estão em conformidade serão removidas da loja e desativadas nos navegadores Chrome.

Além das novas políticas de extensão do Chrome, a tecnológica está a desenvolver uma política semelhante de limitação de dados para aplicações que utilizam o Google Drive.

Estes alterações surgem numa alguma em que foi se especulou sobre um possível acesso, por parte dos developers do Gmail, a e-mails pessoais

Consideras estas novas extensões, desenvolvidas pelo Google, úteis? Sentes-te mais seguro/a?

Cátia Santos

Observadora, comunicadora, crítica, muito curiosa, apaixonada pela escrita criativa e informativa. Devoradora de livros e de música, com um especial gosto por tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *