Green Lantern | Ryan Reynolds explica porque falhou

Cinco anos depois e após encontrar rumo de super-herói para a sua carreira, Ryan Reynolds, protagonista de Green Lantern, explica porquê que o filme de 2011 da DC não saiu bem.

Dois anos antes de Man of Steel (em Portugal, Homem de Aço) trazer de volta ao grande ecrã um dos principais super-heróis da DC Comics e retomar a rivalidade saudável entre essa e a Marvel Comics, a editora de banda desenhada juntamente com a Warner Bros. lançou Green Lantern (em Portugal, Lanterna Verde), com a intenção de começar um novo franchise.

Green Lantern Ryan Reynolds fracasso

Infelizmente a história do corajoso piloto de testes e o seu anel alienígena foi coroada com as mais negativas críticas e quase não conseguia nem recuperar o valor do orçamento utilizado. O seu protagonista, Ryan Reynolds, encontrou já o seu lugar no mundo dos super-heróis a intepretar Deadpool, personagem da Marvel Comics, que contrariamente foi um êxito de bilheteira. Olhando para trás, o ator percebe que a razão pela qual Green Lantern não foi o sucesso esperado prende-se no facto de que foi para produção sem existir ainda uma noção fixa do que o filme era suposto ser.

Vê ainda: E se Ryan Reynolds protagonizasse O Diário da Nossa Paixão 2 com… Conan O’Brien?!

É simples. Deadpool sempre soube o que era. Com Green Lantern, não penso que alguém alguma vez percebeu exatamente o que era. Não quer dizer que as centenas de homens e mulheres não trabalharam com tudo o que tinham para o tornar tão bom quanto possível. Foi também vítima do processo em Hollywood que é algo como poster primeiro, data de lançamento em segundo, guião no fim. Na altura, era uma enorme oportunidade para me por isso estava entusiasmado por experimentar e ser parte dele.“, explicou Ryan Reynolds à Entertainment Weekly.

Green Lantern Ryan Reynolds fracasso

O ator sublinha então que apesar de terem havido imensas pessoas que trabalharam muito para tornar Green Lantern um sucesso, a Warner Bros. concentrou as suas atenções em lançar o filme e não em garantir que o guião estava aperfeiçoado antes de começar. Esta não é a primeira vez que Ryan Reynolds admite publicamente que o filme não funcionou bem; no entanto, declarou já múltiplas vezes que não se arrepende de ter dado vida a Hal Jordan.

Apesar de Green Lantern falhou em lançar a sua própria série de filmes, não será a última vez que vemos o Cavaleiro Esmeralda no grande ecrã. O reboot de Green Lantern Corps está marcado para 2020, e terá múltiplos Green Lanterns primariamente humanos.

O que vos parece a explicação de Ryan Reynolds para o certo fracasso de Green Lantern? Concordam ou discordam?

Ana Rodrigues

Seriófila, e amante das artes cinematográficas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *