Hayao Miyazaki | Continuarei a fazer anime até morrer

 

Em Los Angeles para receber um Óscar honorário da Academy of Motion Picture Arts and Sciences, Hayao Miyazaki falou pela primeira vez sobre o seu retiro, em entrevista à Associated Press.

Hayao Miyazaki

Setembro do ano passado trouxe uma triste notícia – a retirada do mestre Hayao Miyazaki da carreira de realizador e argumentista – que gerou uma onda de informações controversas acerca do futuro do gigante da animação nipónica, Studio Ghibli, nos meses que se seguiram.

 LÊ TAMBÉM: Studio Ghibli Update: O regresso de Miyazaki?

Agora, há uma luz ao fundo do túnel! Numa entrevista à Associated Press a propósito da homenagem à sua carreira, Hayao Miyazaki fez a declaração que todos os fãs de anime, manga e apreciadores de cinema no geral, queriam ouvir:

 “Vou continuar a fazer anime até morrer.”

 Todavia, nem tudo é simples. Miyazaki declarou a sua intenção de continuar a trabalhar, não em longas-metragens para o cinema, mas em curtas animadas para serem exibidas no Museu Ghibli (localizado em Tóquio). O mestre expressou ainda a sua satisfação em relação a esta opção, que lhe dá a vantagem de “não ter que se preocupar se [o seu filme] vai ser um sucesso financeiro ou não”. De acordo com o LA Times [que podes ler aqui], Hayao Miyazaki está de momento a trabalhar num manga samurai.

Hayao Miyazaki

Hayao Miyazaki é o segundo japonês a receber o prémio.

Vencedor na categoria Melhor Animação, em 2003, por “A Viagem de Chihiro”, indicado, em 2006, com “O Castelo Andante” e, em 2014, com “Nausicaä do Vale do Vento”, Hayao Miayazaki, de 73 anos, recebeu o Óscar honorário pelo conjunto de sua obra, na cerimónia ocorrida no sábado (dia 8 de novembro) em Los Angeles. O diretor e co-fundador do Studio Ghibli foi o segundo japonês a receber a estatueta. O primeiro tinha sido Akira Kurosawa em 1990.

Na cerimónia estava presente John Lasseter, chefe de criação da Walt Disney e Pixar Animation Studios, que entregou o prémio a Hayao Miyazaki, destacando (a par do próprio Walt Disney) a sua para arte grande contribuição para a arte da animação.

O discurso de Hayao Miyazaki após receber o Óscar honorário:

 LÊ TAMBÉM: Homenageando o mestre

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *