I Break Horses (foto de Fredrik Balck)

I Break Horses ilumina-nos com “Neon Lights”

Depois de dois singles que se destacaram no mês passado, I Break Horses volta a sobressair com “Neon Lights”, mais uma faixa de Warnings.

Maria Lindén, conhecida pelo seu projeto em conjunto com Fredrik Balck, I Break Horses, vai lançar um novo álbum, Warnings, a 8 de maio via Bella Union.

Já há seis anos que não nos chegava nenhuma canção do projeto I Break Horses. Para os fãs pode ter parecido uma eternidade, mas a artista falou deste intervalo de tempo e do quão importante ela o considera: “Hoje em dia, o tempo de atenção é igual a nada no que toca a maneira com que a maioria das pessoas consome música. E parece que as canções estão a ficar mais curtas, mais “eficientes”. Tive vontade de ir contra isso e criar um álbum que fosse uma verdadeira jornada do começo ao fim, que leva tempo e paciência para ouvir.”

Lê Também:
Em "Time Bandits", Laura Stevenson dá voz à nossa angústia

Warnings segue-se a Chiaroscuro de 2014 e conta com o produtor e engenheiro de som Chris Coady (Beach House, TV on the Radio) que foi cuidadosamente escolhido por Maria: “Antes de entrar em contato com o Chris, li uma entrevista em que ele disse: “gosto de desacelerar as coisas. Quando gosto mesmo de um som desacelero-o para metade, às vezes desacelerando 500% atinge-se formas e texturas interessantes”. Foi assim que eu soube que ele seria a pessoa certa para este álbum.”

Durante algum tempo, Lindén trabalhou em faixas instrumentais, mas eventualmente começou a sentir vontade de adicionar voz e letras e foi aí que se apercebeu de que estava a surgir um novo álbum dos I Break Horses. Assim, no mês passado, a artista lançou duas faixas de seguida, primeiro, a atmosférica “Death Engine” que foi o grande destaque no nosso Mês em Música e, logo a seguir, “I’ll Be The Death Of You”, também merecedora da nossa atenção.

Lê Também:
Mês em Música | Playlist de Fevereiro 2020

Hoje chega-nos o terceiro single de Warnings, “Neon Lights”, que não deixa de fazer jus ao nome. Marcado por um sintetizador palpitante que acelera gradualmente, o single conduz-nos pelos versos etéreos de Maria Lindén: “my dreams are real your truth so bleak/ I will take you in to make it seem like/ I’ll burn until there is no life left/
I’ll steal until I am all but theaf in your bloodflow/ you won’t need time you won’t need sleep/if you could see what I see”. Nos quatro minutos finais a batida regressa imponente e surge a voz da artista que se perde entre múltiplas variações do título da faixa.

Sobre o novo single, a cantautora ainda acrescentou que pretendia que fosse “um hino para todos nós que já sentimos que não nos encaixávamos; tenta dar um vislumbre de esperança a todos os marginais que sentem que não conseguem encontrar o seu caminho e tenta mostrar ao mundo que ser ‘desajustado’ é algo bom, não algo a esconder”.

I BREAK HORSES | “NEON LIGHTS”

I BREAK HORSES, WARNINGS | Alinhamento

  1. “Turn”
  2. “Silence”
  3. “l a r m”
  4. “I’ll Be The Death Of You”
  5. “d e n lilla p a s e avlycka”
  6. “The Prophet”
  7. “Neon Lights”
  8. “I Live At Night”
  9. “Baby You Have Travelled For Miles Without Love In Your Eyes”
  10. “Death Engine”
  11. “a b s o l u t a m o l l p u n k t e n”
  12. “Depression Tourist”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *