Star Wars: Os Últimos Jedi

Star Wars: Os Últimos Jedi gera alerta no cinema!

O cineasta Rian Johnson optou por caminhos pouco convencionais na realização do filme “Star Wars: Os Últimos Jedi”. Uma cena em particular forçou os cinemas a intervir.

Atenção! Este artigo contém spoilers do filme.

A cena em questão segue-se à morte da Vice-almirante Holdo (Laura Dern), que concebeu uma cena bastante emotiva ao sacrificar-se para salvar a Resistência Rebelde. A Vice-almirante acelerou o seu navio até à velocidade da luz até ao destruidor da Primeira Ordem, salvando as últimas faíscas rebeldes. No momento exato da colisão, Rain Johnson optou por cortar todo o som, gerando um efeito semelhante a um vácuo a aproximar-se da imagem do acidente explosivo.

Lê Também:
Easter Eggs de Star Wars Os Últimos Jedi

Para além desta cena, o realizador também concebeu dois momentos com a tela completamente negra, embora exista som de fundo (aos 10 minutos e à 1 hora e 51 minutos). Embora estas escolhas artísticas possam parecer intencionais, houve gente a considerá-las falhas técnicas dos cinemas. Esta foi a razão porque vários estabelecimentos colocaram avisos sobre a intencionalidade das ausências sonoras/visuais.

TRAILER | REVÊ A FORÇA DO STAR WARS: OS ÚLTIMOS JEDI

Chegaste a considerar a falta de som uma falha técnica… ou já sabias?

Luis Telles do Amaral

Escritor de O Diário da Pandemia, administrador do blogue Para Lá da Kapa e a licenciar-se em Microbiologia. Considero-me um devorador de livros nato e fã assíduo do grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *