Grandes filmes sem distribuição em Portugal

Grandes filmes que nunca chegaram aos cinemas portugueses

Apesar de boas críticas, aclamação popular e grandes orçamentos, há muitos filmes que não são distribuídos comercialmente em Portugal, nunca chegando aos nossos cinemas.

3 de 26

COMO MATEI A MINHA MÃE (2009) de Xavier Dolan

como matei a minha mae filmes sem distribuicao nao distribuidos
Apaixonadamente imaturo.

Ao longo da última década, Xavier Dolan tem vindo a afirmar-se como um dos grandes cineastas do século XXI, portador de uma voz autoral de incomum exuberância estilística, assim como uma coleção de temas em constante repetição e evolução. Nesse sentido, a sua primeira longa-metragem é uma obra de particular interesse, representando a génese do seu discurso estilístico, mas também a primeira manifestação do seu já habitual registo de melodrama doméstico, onde as relações atribuladas entre mães e filhos se impõe sobre quaisquer outras dinâmicas familiares.

Para além de nos apresentar a apoteose desse conflito maternal-filial na filmografia de Dolan, “Como Matei a Minha Mãe” é também o filme mais deliciosamente imaturo do realizador. Isso é especialmente verdade a nível estilístico, onde existe uma qualidade quase experimental e estudantil na abordagem do realizador juvenil. Noutros casos, tal qualidade poderia trazer consigo o desastre, mas nesta história tão apoiada na perspetiva impetuosa de um adolescente, a imaturidade estilística torna-se em mais um mecanismo de visualização da realidade emocional das personagens.

O filme foi um triunfo em Cannes, mas não teve direito a distribuição nos cinemas portugueses. Felizmente, para fãs ávidos deste cineasta, “Como Matei a Minha Mãe” é um dos poucos filmes nesta lista que ainda teve direito a uma edição em DVD para o mercado nacional.

3 de 26

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

One thought on “Grandes filmes que nunca chegaram aos cinemas portugueses

  • O Christopher Robin, aquele com o Pooh também não vai estrear cá. O que se passa com a Disney?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *