Big Thief U.F.O.F.

U.F.O.F. é o novo álbum dos Big Thief

UFOF é o primeiro single do álbum homónimo. Nele, os Big Thief percorrem caminhos alienígenas numa busca pelo desconhecido. 

Terceiro álbum de originais, primeiro pela 4AD, U.F.O.F. é o novo LP dos Big Thief. Gravado com o produtor Andrew Sarlo, o novo registo será lançado já a 3 de Maio. Conhecemos também o primeiro single, que, seguindo o título do álbum, nos ajuda a decifrá-lo.

Os Big Thief surgiram em 2016 com Masterpiece. A este “som escolhido a dedo durante uma vida inteira a escrever” (Pitchfork), sucedeu-se, logo no ano seguinte, Capacity, um álbum universalmente bem acolhido. 2018 foi passado numa intensa digressão mundial que deleitou os fãs originais e gerou novos, não tendo impedido o grupo de investir em produções paralelas. O guitarrista Buck Meek e a vocalista e líder da banda Adrianne Lenker lançaram, cada um, um álbum a solo, Buck Meek e abyssikiss, para além de uma colagem sonora de 30 minutos, Wide Winged Bird, divulgada pela banda.

Lê Também:
JW Ridley lança o melancólico single "Glass Eyes"

Numa das cabanas de madeira de Bear Creek Studio, cercados pelo ambiente rural do ocidente de Washington, Big Thief reuniram-se com o engenheiro de gravação Dom Monks e o já conhecido produtor Andrew Sarlo para iniciarem a elaboração deste seu novo registo.

Ainda em digressão, as faixas já ressoavam na cabeça da banda, pelo que a sua gravação consistiu apenas numa concretização de ideias já trabalhadas, dando espaço a alguma experimentação. Adrianne Lenker fala-nos um pouco acerca deste novo álbum: “Fazer amizade com o desconhecido… Todas as minhas músicas são sobre isso. Se a natureza da vida é mudança e impermanência, prefiro estar desconfortavelmente acordada nessa verdade do que perdida na sua negação.”

Big Thief - U.F.O.F.
Capa de U.F.O.F.

Esta “amizade com o desconhecido” assume-se na relação que Adrianne Lenker estabelece com um OVNI, daí a sigla U.F.O.F (Unidentified Flying Object Friend). Assim, por meio de um universo de ficção científica, a cantora retrata aquele nosso frequente desejo de sermos levados por algo desconhecido. Algo até, supostamente, assustador (“like a bad dream”) mas a que aspiramos, pois procuramos a novidade e o inexplorado.

Ao som de guitarras acústicas, marcadas por um ritmo hermético, a vocalista sonha com a chegada desta presença alienígena, suspira por um “Taking me outta here”, divaga sobre o momento desta salvação que virá. Mas a mesma voz que sonha com o desconhecido também o questiona, dominada pela inabalável procura da verdade: “There will soon be proof/ That there is no alien/ Just a system of truth and lies”.

Lê Também:
Mark Hollis, vocalista dos Talk Talk, morre aos 64 anos

Ainda pouco sabemos sobre este novo álbum, mas podemos desde já extrair do alinhamento títulos como “Strange” e “Terminal Paradise”, que adensam ainda mais o imaginário ficcional criado pelo grupo.

BIG THIEF, U.F.O.F. | “UFOF”

BIG THIEF, U.F.O.F. | Alinhamento

  1. Contact
  2. UFOF
  3. Cattails
  4. From
  5. Open Desert
  6. Orange
  7. Century
  8. Strange
  9. Betsy
  10. Terminal Paradise
  11. Jenni
  12. Magic Dealer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *