Cinema ao ar livre marcará presença na edição de 2020 ©IndieLisboa

17º IndieLisboa | 20 filmes a não perder

1 de 20

O IndieLisboa está de regresso para a sua 17ª edição, a acontecer entre os dias 25 de agosto e 5 de setembro. O festival trocou a sua habitual data primaveril por uma mais tardia no âmbito da pandemia de COVID-19, mas regressa em força nesta sua edição de 2020. Os bilhetes estão disponíveis, inclusive online, desde 28 de julho. 

O IndieLisboa – Festival Internacional de cinema regressa à capital já no próximo dia 25 de agosto e decorre até dia 5 de setembro. A sua programação traz-nos mais de 240 filmes, 50 deles nacionais, para esta que será a sua 17ª edição. O Festival reforça a sua importância no panorama cinematográfico lisboeta e nacional ao realizar uma edição física, onde todas as normas de segurança – incluindo a limitação de lugares – serão colocadas em prática. Multiplicam-se também as sessões de cinema ao ar livre no Capitólio, de acordo com as práticas mais comuns e seguras deste verão.

Para além das habituais secções competitivas nacional e internacional, no formato curta e longa metragem, bem como as programações dos ciclos “Silvestre” ou “Boca do Inferno”, há ainda espaço para retrospetivas. Destaque para a homenagem ao trabalho de Ousmane Sembèn, para a comemoração dos 50 anos do Fórum Berlinale ou para o foco no trabalho de uma realizadora emergente – Mati Diop. Diop, atriz e realizadora francesa, venceu o Grande Prémio em Cannes pelo avassalador “Atlantique” – obra que viria inclusive a ser distribuída pela Netflix.

Atlantique Leffest 19
Atlantique (2019) |©Netflix

Há também espaço para o regresso da secção infantil “IndieJúnior”, para a  secção musical com o “IndieMusic”, passando pelo “Director’s Cut”, pelos importantes “Novíssimos”. Regressam também as Talks em colaboração com a Universidade Lusófona, numa altura onde estas se tornam ainda mais urgentes.

Esta comemoração cinematográfica passará, como é habitual, pelo Cinema São Jorge, pela Culturgest, Cinemateca Portuguesa, Cinema Ideal e Capitólio. A abertura acontece no dia 25 de agosto, pelas 19h00, na sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge. O filme que abre o certame é “La Femme de Mon Frère”, de Monia Chokri, colaboradora de Xavier Dolan que aqui se estreia na realização. Quanto ao encerramento, no dia 5, no Grande Auditório da Culturgest, às 21h30, este faz-se com “Um Animal Amarelo”, de Felipe Bragança, numa co-produção com a “Som e Fúria”.

Percorremos agora a vasta programação do 17º IndieLisboa para identificar apenas alguns dos seus destaques.

1 de 20

Maggie Silva

Comunicadora de profissão e por natureza. Dependente de cultura pop, cinema indie e vítima da incessante necessidade de descobrir novas paixões. Campeã suprema do binge watch, sempre disposta a partilhar dois dedos de conversa sobre o último fenómeno a atacar o pequeno ou grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *