The Banker | © Apple

Apple TV+ cancela The Banker por polémica familiar

A Apple TV+ não está a ter um lançamento calmo. “The Banker” foi cancelado abruptamente para evitar polémica das acusações a um co-produtor.

Um projecto original da Apple Originals, e que estava previsto ter estreado esta semana, poderá não ser conhecido num futuro próximo. De forma abrupta e sem um aviso prévio, a Apple TV+ cancelou a estreia de “The Banker”, o filme que tem Anthony Mackie como principal protagonista e que conta com nomes como Samuel L. Jackson, Nicholas Hoult e Nia Long.

“The Banker” estava previsto estrear no AFI Fest no dia 21 de novembro e foca-se em Bernard Garrett, Sr. (Anthony Mackie), um homem que lançou uma instituição financeira para fazer empréstimos a afro-americanos, numa altura em que poucos bancos nos Estados Unidos da América o faziam. No entanto, a estreia do filme foi cancelada no dia anterior, com a Apple Originals a referir que devido a algumas preocupações iriam optar por não passar o filme no festival.

Lê Também:
Guia de Estreias de Cinema em 2020

Enigmático e sem revelar muito, parece que alguns fãs presentes num painel de discussão em Los Angeles – Consider This FYC Brunch – sabem que as preocupações se devem a uma possível acusação de assédio sexual. A preocupação que se julga estar no centro do cancelamento é a acusação em cima da mesa a Bernard Garrett Jr, por uma das suas meia-irmãs. De nome Cynthia Garrett, a mulher emitiu um comunicado em como “The Banker” não é uma representação da história da sua família, e acusa o seu meio-irmão, Bernard, de não ter contado a verdadeira história da família, para além de a omitir (e a sua mãe Linda) da mesma. Bernard Garrett Jr. é um dos co-produtores do filme da Apple.

Cynthia acusa Garrett Jr. de a molestar, assim como a outros irmãos, durante anos e, ainda antes da suposta estreia de “The Banker”, deixou um comentário no painel do filme na IndieWire onde explica o seu lado da história.

“A sua verdadeira mulher é Linda Garrett. Ela é a minha mãe. [O filme foca-se na primeira mulher de Bernard Garrett Sr. e não na segunda]. O que foi feito aqui [no filme] é chocante. O meu pai daria voltas na sepultura. Nenhum guião foi escrito há 20 anos. O meu pai escreveu um pequeno livro que nos deu a nós, crianças. A verdade é o que ele e a minha mãe quiserem. Em vez disso, Hollywood estabeleceu uma parceria com o nosso meio-irmão e roubou a história da minha mãe, mesmo depois de me ter molestado e à minha irmã mais nova durante anos. E verificação dos factos? Fico doente por estes homens nunca parecerem ter tido interesse em saber a verdadeira história aqui. Eu trabalhei em Hollywood durante 30 anos. Eu falei sobre isto no meu livro [2016, ‘Prodigal Daughter: A Journey Home To Identity’]. E em conferências, durante anos, por todo o mundo. E ainda assim, eles reuniram-se com o nosso meio-irmão, distante, e apagaram-nos e à nossa mãe, que co-possuía todo o património e os bancos. Sem consideração pela verdade, ou pela família ou pelas vítimas de abuso sexual que são constantemente alvo de abusos. Cada produtor e estrela que teve um papel [no filme] deveria ter vergonha. Apple TV deveria ter vergonha. Nós teríamos orgulho que as histórias do nosso pai fossem contadas mas sonhámos que iríamos partilhar a verdade da nossa mãe e pai com precisão. A minha mãe está devastada. A Nia Long é afro-americana. A cara da minha mãe é branca. Acho que Hollywood prefere continuar a ter uma separação racial em vez de a tentar ‘curar’. Algo terá agora de ser feito. Estamos a rezar para que a Apple TV corrija isto de alguma forma.”

Este comentário foi seguido de outra mulher que se apresentou como Grace Garrett, outra das irmãs, e que também afirma que a história representada em “The Banker”, e contada por Bernard Jr. não é a verdadeira. Grace pede que os jornalistas cheguem a todos os filhos de Bernard Garrett Sr. (mais oito), para que se apure a verdadeira história.

O filme, que deveria ter estreado pela primeira vez esta semana, estava previsto chegar às salas de cinema em dezembro. Até ao momento no entanto não foi avançado se este cancelamento no festival irá influenciar a estreia comercial do mesmo.

TRAILER | THE BANKER, DA APPLE TV+

Na tua opinião, a Apple TV+ tomou a atitude correcta ao cancelar a estreia?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *