Audiências em Portugal | O que nos dizem sobre os óscares

 

Analisamos as Audiências em Portugal e descobrimos os favoritos dos portugueses na corrida aos Óscares 2016.

A umas semanas da tão esperada gala de entrega dos Prémios da Academia, fazemos uma análise dos dados disponibilizados pelo ICA, Instituto do Cinema e do Audiovisual, relativamente aos grandes nomeados, perceber qual o favorito dos portugueses e tentar perceber se os Óscares são factor das grandes filas de espera para comprar um bilhete nos cinemas por todo o país.

Sem dúvida que a simples análise das audiências em portugal torna visível a época em que nos encontramos e, como é claro, tudo por causa dos Óscares. Os espectadores duplicam e as receitas aumentam, óbvio. Mas quais são as preferências?

renascido

Como se imagina, e com mais uma nomeação de Leonardo Dicaprio a deixar a internet ao rubro com os que torcem para que seja vencedor e os que se limitam a fazer piadas com a situação, o filme “The Revenant: O Renascido” em 2016 conseguiu ultrapassar por poucas mais de umas 3 centenas de visualizações e com quase metade das sessões, o tão mediático “Star Wars: O Despertar da Força“, estando em primeiro lugar dos filmes mais visualizados de 2016 com 163.315 espectadores. Afinal, campanha “negativa” funciona e na primeira semana de estreia, o filme de Alejandro González bateu as bilheteiras nacionais com 95.905 espectadores em 87 ecrãs por todo país. Mas fará isto o filme vencedor de um Óscar? Talvez para os portugueses, mas continuando a analisar a procura nacional em 2016 pelos filmes nomeados, logo em terceiro “A Queda de Wall Street” com 97.026 espectadores, descendo um pouco mais na tabela encontramos em décimo quarto lugar “O Caso Spotlight” com uma grande diferença, contando com 28.585 espectadores; em décimo sexto lugar temos “Brooklyn” com nem metade dos espectadores que o primeiro lugar, estando apenas contabilizado 21.496 até a data e por fim, bem a meio da lista vemos “A Ponte dos Espiões” em vigésimo segundo lugar com 11.959 espectadores e apenas 450 sessões ao contrário das 3.034 de “The Revenant: O Renascido”.

Mas o que nos dizem as mesmas audiências em Portugal, em relação aos filmes que já não estão em sessão?

audiências em portugal

Remexendo nos arquivos e seleccionando os nomeados deste ano, “Perdido em Marte” o décimo sexto filme mais visto de 2015 em Portugal com 171.594 espectadores e “Mad Max: Estrada da Fúria” em vigésimo segundo lugar com 140.657 espectadores. Não sendo só pelo aproximar da data, nem os nomeados já serem conhecidos de todos, Leonardo DiCaprio conseguiu em apenas 1 semana de estreia levar metade dos espectadores que “Mad Max” ao grande ecrã. Será ele o grande favorito dos portugueses ao Óscar de melhor actor? Dir-se-ía que sim, apesar de haver aqui uma luta de titãs.

Não estando nomeado para a categoria de melhor filme, a “A Rapariga Dinamarquesa” com Eddie Redmayne a correr pela segunda vez consecutiva que apesar de Leo e Alejandro, Eddie consegue estar nos favoritos dos portugueses, ficando em quarto lugar dos filmes mais vistos de 2016, atraindo 92.086 espectadores as salas de cinema ate à data e um total de 30.213 na primeira semana. Na verdade, uma grande disputa entre dois grandes nomes na corrida aos Óscares. Já Michael Fassbender em “Steve Jobs” não conseguiu mais que 16.321 espectadores na primeira semana em 2015, não ficando na lista dos favoritos pelos portugueses ao prémio de melhor actor, esperando nos que Matt Damon não seja esquecido desta vez e que os 942,707.88€ de receita bruta em Portugal ajudem a resgatar o homem nesta corrida ao Óscar de melhor actor.

audiência em portugal

Continuando na análise das audiências em portugal relativamente aos filmes mais vistos em 2016, e ainda no top 10, temos “Joy” com Jennifer Lawrence no papel principal e a sua quarta nomeação ao Óscar de melhor actriz depois de ter vencido em 2013. Não muito abaixo no ranking mas com uma grande diferença de espectadores para os primeiros lugares, 75.053 até a data, “Joy” consegue ainda assim estar à frente de outras nomeações. “Brooklyn” com Saoirse Ronan em 16 lugar e um total de 21.946 espectadores e “45 Anos” com Charlotte Rampling em 23 lugar e um total de 11.609 espectadores.

Terminando assim a nossa análise dos mais recentes dados até aos dia 3 de Fevereiro de 2016, poderemos concluir que pelos Portugueses, “Perdido em Marte” venceria o Óscar de melhor filme, já Leonardo DiCaprio na sua quinta nomeação levaria o Óscar para casa, e Jennifer Lawrence mesmo depois de “Hunger Games” continua a cativar todas as idades sendo uma forte vencedora ao grande prémio.

Os números dizem mais do que imaginamos!

VÊ TAMBÉM: Os Óscares 2016 em números | Nomeações

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *