Chris Pratt em "Guardiões da Galáxia Vol.2" (2017) |©Disney/Marvel

Chris Pratt | 10 Papéis essenciais

Chris Pratt teve uma curiosa e incaracterística evolução no mundo da representação. De sidekick cómico em séries e filmes, Pratt foi catapultado com inesperada rapidez para o estrelato e para os papéis como protagonista. Nunca perdeu o humor apatetado e auspicioso no qual a sua carreira se fundou. Recordamos os seus 10 papéis essenciais por ocasião do seu 41º aniversário, celebrado a 21 de junho. 

A 21 de junho de 1979, no Estado de Minnesota, nasceu o ator norte-americano Christopher Michael Pratt, que completou recentemente 41 anos de idade. Pratt é um exemplo pouco característico de uma estrela que, devido ao seu perfil humorístico descontraído e natural, conseguiu subir uma escada rápida rumo ao super-estrelato. Começou na comédia e na televisão e continuou a desempenhar o mesmo pateta alegre em filmes de grande orçamento. Já era uma forte e recorrente presença na televisão quando conseguiu o papel que viria a mudar tudo – Peter Quill ou Star-Lord em “Guardiões da Galáxia” (2014), de James Gunn, uma incomparável lufada de ar fresco no mundo dos super-heróis da Marvel. Chris Pratt parece ter nascido para interpretar Quill, mas quem se lembra de Andy Dwyer ou até do hippie Che?

Recuperamos agora os papéis essenciais que compõem a interessante carreira de Chris Pratt, uma figura rara – um autêntico galã de filmes de ação em Hollywood que nos conquista acima de tudo devido à sua boa disposição. Aproveitamos também para deixar algumas dicas sobre onde podem ser encontrados os seus filmes e séries.

1 de 10

EVERWOOD (2002 – 2006) 

Chris Pratt Everwood
© Warner Bros. Television

Depois de pequenas participações pontuais em séries e filmes o primeiro papel significativo de Chris Pratt foi como membro do elenco regular de “Everwood”. Este drama familiar foi lançado pela já reformada Warner Bros. TV, que de certa forma viria a dar origem ao canal jovem The CW – para onde grande parte dos conteúdos da WB migraram.

Em “Everwood” foi, durante 89 episódios creditados da série, Bright Abbott, uma das personagens fixas que interpretou ao longo da sua casa dos 20. Bright tinha o tipo de perfil que viria a interpretar ao longo da sua vida – um rapaz alegre, cómico e ligeiramente apatetado mas sem nunca que não caía no ridículo ou no inverosímil.

O que salta à vista com Bright Abott é que o carisma de Chris Pratt sempre foi uma constante, desde muito cedo. Quanto à história de “Everwood”, esta foca-se na vida de um cirurgião viúvo, Andy, que se muda para uma cidade pequena do Colorado com os seus filhos pequenos. Pratt dá vida ao filho do único médico existente nesta pequena localidade. Um bom começo na televisão para uma carreira que viria a demorar a arrancar em pleno.

Onde ver: Na FNAC encontramos, a preço reduzido, a primeira temporada da série em DVD para quem tenha saudades de um bom drama familiar da viragem do milénio!

1 de 10

Qual é o papel desempenhado por Chris Pratt que mais aprecias?

Lê Também:
10 Coisas que (possivelmente) Não Sabias sobre Guardiões da Galáxia

Maggie Silva

Comunicadora de profissão e por natureza. Dependente de cultura pop, cinema indie e vítima da incessante necessidade de descobrir novas paixões. Campeã suprema do binge watch, sempre disposta a partilhar dois dedos de conversa sobre o último fenómeno a atacar o pequeno ou grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *