Comic Con Portugal | Rila Fukushima em conferência de imprensa

Rila Fukushima foi a atriz que inaugurou a terceira edição da Comic Con Portugal. Arrow, Game of Thrones, Wolverine, Ghost in the Shell foram os tópicos que dominaram a conferência de imprensa e o painel.

Em inglês ou japonês, Rila Fukushima encantou a Comic Con Portugal com a sua humildade e boa-disposição. Mas não respondeu à pergunta que todos queriam saber: qual a sua personagem em Ghost in the Shell?

comic con portugal

Rila Fukushima ficou mundialmente reconhecida ao interpretar Katana em Arrow. Rila foi chamada para a série da CW depois da atriz que interpretava a personagem ter deixado a produção, mesmo depois de já ter gravado algumas cenas.

No entanto, a atriz japonesa confessa que foi um projeto bastante desafiador, porque Arrow é uma série com mais de 20 episódios e foi a primeira série norte-americana” em que Rila participou. Todavia, a produção e o elenco ajudaram na sua integração. Stephen Amell foi um dos principais responsáveis para a inclusão de Rila. Também a caracterização ajudou a atriz a “vestir” a personagem.

comic con portugal

Rila Fukushima também participou em Game of Thrones. Apesar de apenas surgir num episódio, a atriz afirma que este papel lhe abriu portas para outras personagens não-asiáticas. Contudo, confessa que foi um processo complicado, porque a série da HBO tem uma linguagem própria exigindo grande cuidado com a pronúncia.

Antes de Arrow e Game of Thrones, Rila Fukushima já tinha iniciado a sua carreira internacional. Depois de uma carreira como modelo em Nova Iorque e de ter recebido várias negações, a atriz foi selecionada para interpretar Yukio no filme da Marvel. Rila confessa que não estava à espera de participar na produção, mesmo depois de ter realizado vários castings. Quando foi escolhida, pensou “que tinha esgotado a sua sorte”, porque tinha sido um casting muito longo com várias pessoas envolvidas.

comic con portugal

A próxima longa-metragem é Ghost in the Shell. Rila diz que cresceu a ver o anime, por isso admite ser um sonho fazer parte da adaptação. Confessa ainda que está entusiasmada para ver o resultado final da longa-metragem com os efeitos visuais.

Rila confessa que o facto de uma adaptação de um programa asiático ser protagonizada por atores não asiáticos não a incomoda. No painel Q&A, a atriz explicou que um elenco multiétnico acaba por ser mais interessante, porque os atores não asiáticos podem trazer algo de novo às adaptações.

A atriz de Wolverine também acredita que se a adaptação de Ghost in the Shell for bem recebida, esta longa-metragem vai abrir portas para outros animes serem adaptados para o cinema.

Lê também: Guia de sobrevivência à Comic Con 2016

Além de Ghost in the Shell, Rila confessou que está a trabalhar num novo projeto, mas não pode revelar pormenores.

O segundo dia da Comic Con Portugal terá a presença de Sean Teale, Ivana Banquero, Zach Galligan, Lennie James e Cobie Smulders.

Catarina Fernandes

Mestre em Ciências da Comunicação e fotógrafa amadora. Seriófila compulsiva e apaixonada por literatura, assim como pelo cinema e pela sua história. (Extremamente) Viciada em música e concertos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *