Estados Unidos e Suécia em destaque na estreia de 100 Code no AXN

 

A nova série de Bobby Moresco, vencedor de um Óscar pelo filme “Crash”, mostra como assassinatos cruzam a Escandinávia e os Estados Unidos. “100 Code” estreia a 13 de janeiro, às 23h10, no AXN.

Michael Nyqvist e Dominic Monaghan são os atores protagonistas, da nova série televisiva “100 Code”, que em conjunto tentam parar um assassino em série que tem atormentado os Estados Unidos e a Suécia.

100 code

Mulheres jovens, loiras e de olhos azuis aparecem mortas em campos de flores. Tommy Conley (Dominic Monaghan), detetive da polícia de Nova Iorque, um homem assombrado pelo seu passado e pela morte da namorada, obtém uma autorização especial para observar e aconselhar a polícia de Estocolmo. Ao chegar à Suécia, fica a trabalhar com Mikael Eklund (Michael Nyqvist), um polícia sueco com uma forte aversão à cultura norte-americana. Fica desde logo claro que não gostam um do outro, mas rapidamente, à medida que as misteriosas mortes continuam, são obrigados a pôr de lado as suas diferenças.

Lê também: Mapa das Séries | Todas as estreias nacionais de janeiro 2016

À medida que a polícia descobre mais jovens mortas e enterradas em Estocolmo, Eklund começa a encontrar um novo objetivo neste caso. Resolvendo as suas diferenças, Eklund e Conley, em conjunto com a equipa de agentes suecos de Eklund, dedicam então todas as suas horas a tentar impedir que o assassino encontre as suas vítimas e descobrem que existe um padrão por detrás dos homicídios: prestando tributo ao deus grego Hades, o assassino rapta duas mulheres em cada um dos meses de inverno.

Mas ao interrogarem uma sobrevivente, os dois polícias começam a perceber que estão a enfrentar algo muito maior do que originalmente pensavam.

 

Sabe mais sobre as tuas séries favoritas consultando o nosso Mapa das Séries ou o nosso especial Renovações e Cancelamentos.

“100 Code” estreia a 13 de janeiro, às 23h10, no AXN

 

Catarina Fernandes

Mestre em Ciências da Comunicação e fotógrafa amadora. Seriófila compulsiva e apaixonada por literatura, assim como pelo cinema e pela sua história. (Extremamente) Viciada em música e concertos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *