Far Cry 4 (PS4) | Análise

 

 farcry4ps4  

  • Editora: Ubisoft
  • Produtora: Ubisoft
  • Plataformas: PS4, PS3, XBox One, Xbox 360, PC

Classificação  [starreviewmulti id=8 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]

 

Para acabarem Far Cry 4 precisarão de cerca de 16 horas de jogo, e quando o acabarem, e recordarem tudo o que fizeram, irão perceber a enormidade de possibilidades que o novo jogo da Ubisoft oferece.

Far-Cry-4-

Comecemos pelo enredo, o seu ponto mais fraco. A história de Far Cry 4 tem altos e baixos. Por um lado temos um excelente vilão que apenas peca por aparecer tão pouco. Quando, ao fim de 20 minutos de jogo, começamos a sentir o poder desta personagem, ele desaparece, e poucas vezes voltará a aparecer até ao fim. É a partir daí que o jogo começa a desenrolar, mas sem nunca atingir os grandes momentos de outros Far Cry que já jogámos. O problema do enredo centra-se em dois factores: motivo e personagens. Começando pelo motivo, existem vários momentos em que não sentimos necessário fazer o que vamos fazer. São vários os momentos em que o jogo não nos explica totalmente o porquê de certos acontecimentos e decisões, e apesar de não nos sentirmos perdidos, também não sentimos até onde algumas missões nos irão levar. É verdade que existem momentos que iremos recordar, pois são fortes, sentimentais e inesperados, mas parece que falta qualquer coisa que torne o enredo mais consistente.

O segundo aspeto, as personagens, apenas falha por algumas serem tão estereotipadas.  Claro que num jogo que apresenta tantas personagens, algumas teriam de estar numa qualidade inferior, mas a Ubisoft podia ter aprofundado e arriscado neste aspeto.

Graficamente Far Cry 4 é fantástico. O seu mundo, variado e detalhado irá levar-nos a parar e a admirar paisagens de enorme beleza e magnitude. E é com este mundo que Far Cry 4 se torna num grande jogo. As possibilidades são muitas, o que iremos fazer será diferente a cada hora de jogo e muitas vezes ficaremos surpreendidos com o que poderemos fazer. Este é o grande forte de Far Cry 4, tudo o que nos permite fazer neste vasto e gelado mundo. Todas estas possibilidades estão ligadas à ação. Far Cry 4 é intenso do início ao fim, quer estejamos a caçar ou a destruir inimigos, o jogo não nos dará descanso a menos que, por decisão nossa, nos afastemos um pouco apenas para baixar o ritmo… todavia, o jogo raramente nos deixa parar, por raramente nos dá liberdade para fazermos muitos mais do que devemos fazer para evoluir. Mas, com isto não quero dizer que estamos presos ao enredo. Longe disso… Far Cry 4 é um jogo que dura consoante a velocidade a que queremos avançar e dá-nos recompensas diferentes consoante a nossa estratégia.

É nesse aspeto que entra o excelente sistema económico que nos obrigará a caçar e a explorar fauna e flora deste mundo. É assim, tendo como objetivo o dinheiro, que Far Cry 4 nos empurra para o desconhecido e nos diz “vai explorar e não pares até teres algo de valioso”, culminando numa experiência de jogo onde fizemos muita coisa diferente e onde a nossa estratégia é mais decisiva do que pode parecer à primeira vista.

Far-Cry-4-Skycopter

Regressando à jogabilidade, podemos avançar no jogo de formas diferentes e uma das mais entusiasmantes, mas também das mais seguras, é levar a Natureza a fazer o trabalho por nós. E que tal atiçar um urso contra uma pequena aldeia onde temos de criar o caos? É nesta magnitude que o jogo nos leva. Mas claro que também queremos ser nós a entrar em ação e Far Cry 4 apresenta um excelente leque de armas à nossa disposição e uma jogabilidade intuitiva e simples. É pena que o modo de piloto automático, que pode ser usado em muitos dos veículos que iremos encontrar, nem sempre seja fiável. Apesar de em alguns momentos dar bastante jeito, pois ficamos livres para disparar uma arma, em certos locais, por exemplo com muita vegetação, a inteligência artificial do piloto deixa a desejar.

No final vemos que Far Cry 4 usa a mesma fórmula de Far Cry 3, mas consegue melhorar em muitos aspetos. Far Cry 4 dá-nos um mundo antigo de grande qualidade e beleza. Está muito bem construído, está repleta de vida animal e a sensação que temos é que não estamos a jogar Far Cry 4 pela história ou pelo objetivo da missão… estamos a jogar pelas possibilidades que iremos encontrar à nossa frente! A componente sonora está boa, com uma banda sonora interessante e bom trabalho de vozes, principalmente no vilão. Tempo ainda para destacar o multiplayer, grande, intenso e viciante, que oferece muitas e muitas horas de jogo!

Far-Cry-4

Far Cry 4 é um bom jogo e o grande jogo da Ubisoft este ano. É verdade que não arrisca muito em relação a FC3, mas oferece uma experiência única e pela qual muitos jogos se irão comparar. Só temos pena de não termos a oportunidade de vermos o vilão mais vezes, algo que em Far Cry 3 foi o grande trunfo. Se gostam do género, Far Cry 4 é uma grande compra, que vos dará muitas horas de um jogo que nunca se repete se assim o quisermos.

Pontos fortes:

  • Mundo vasto e cheio de possibilidades
  • Bela vida animal
  • Vilão!
  • Multiplayer intenso
  • Grafismo de grande qualidade técnica e design
  • Bom sistema económico

Pontos fracos:

  • Enredo não convence totalmente
  • Algumas personagens estereotipadas

LP

 

Luis Pinto

Software developer - Autor do canal Tek Test - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *