Lorenzo Viotti © Gulbenkian Música - Márcia Lessa

Gulbenkian | Concertos adiados e cancelados devido ao coronavírus

A Gulbenkian também já entrou em plano de contingência! A maioria dos concertos de março já foi adiado e os de abril estão neste momento em análise.

Depois da Câmara Municipal de Lisboa ter cancelado diversos eventos, e vedado o acesso a locais públicos como teatros ou museus, também as casas de espectáculos e de lazer começam a ressentir-se do efeito coronavírus. Na sequência das orientações da Direcção-Geral da Saúde de Portugal, a Fundação Calouste Gulbenkian deu início ao seu plano de contingência.

Dada a recomendação que todos os eventos em espaços fechados com mais de mil pessoas deveriam ser suspensos, o Conselho de Administração da Gulbenkian decidiu cancelar ou adiar alguns dos concertos da temporada que estariam em cartaz no Grande Auditório até 3 de abril.

Lê Também:
Orquestra Gulbenkian tem novos cine-concertos na agenda

Embora alguns já tenham sido cancelados, a Fundação deixou a indicação que outros encontram-se apenas adiados, esperando que seja possível agendar uma nova data (caso não seja, será mesmo cancelado e avisado em tempo útil). Estas medidas de precaução visam todos os eventos até 3 de abril, data em que será feita uma reavaliação da situação epidemiológica do coronavírus.

GULBENKIAN | PROGRAMAÇÃO DE MARÇO/ABRIL

  • 12 março ; 21H ; 9ª de Bruckner – CANCELADO
  • 13 março ; 19H ; 9ª de Bruckner – CANCELADO
  • 14 março ; 17H ; O Navio Fantasma – ADIADO
  • 15 março ; 12H ; Solistas da Orquestra Gulbenkian – ADIADO
  • 19 março ; 21H ; Gil Shaham – CANCELADO
  • 20 março ; 19H ; Gil Shaham – CANCELADO
  • 21 março ; 18H ; Maria João Pires – ADIADO
  • 26 março ; 21H ; Sinfonia Lírica – EM ANÁLISE
  • 27 março ; 21H ; Sinfinia Lírica – EM ANÁLISE
  • 29 março ; 18H ; Leif Ove Andsnes – ADIADO
  • 2 abril ; 21H ; Vilde Frang – EM ANÁLISE
  • 3 abril ; 19H ; Vilde Frang – EM ANÁLISE

Dada a alteração de agenda, a Gulbenkian Música já disponibiliza o reembolso do valor do bilhete. No entanto, caso pretenda aguardar pelas novas datas, os mesmos serão igualmente válidos. As novas datas serão comunicadas no website e nas redes sociais da Fundação ; quem já tiver o bilhete e não peça já o reembolso irá receber um e-mail ou SMS com a nova data. Se mesmo assim não lhe for possível utilizar os bilhetes, poderá pedir o reembolso (aconselhamos a verificar no site da Gulbenkian todas as questões relativas aos reembolsos).

Perante o risco do contágio de coronavírus, esta foi uma decisão acertada da Gulbenkian?

Marta Kong Nunes

Arquitecta (com um c!) de formação. Coordenadora de profissão. Fanática de cinema e séries por pura paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *