Ingmar Bergman

Os melhores filmes de Ingmar Bergman

Aquando da celebração do centenário de Ingmar Bergman, exploramos a sua filmografia em busca dos 10 melhores filmes deste mestre cineasta sueco.

1 de 11

Se ainda fosse vivo, Ingmar Bergman teria feito 100 anos neste dia, 14 de julho de 2018. Infelizmente, esse cineasta que tanto se debateu com as questões da mortalidade humana ao longo da sua carreira já não está entre nós, mas o seu trabalho perdura. E que trabalho! Bergman tem das filmografias mais ricas na história do cinema, uma coleção de obras tão concetualmente densas como formalmente magistrais.

Quer seja no uso da cor ou da luz, do fotograma ou da cara dos atores, Bergman foi um dos melhores cineastas que já viveram e observar os seus filmes é entender a razão pela qual o cinema existe. Como o menino na morgue de “Persona”, estendemos a nossa mão na direção das imagens de Bergman e tentamos perscrutar algo, tocar grandeza, ver os mistérios do universo, conhecer outro ser humano, o impossível.

top ingmar bergman luz de inverno
Ingrid Thulin e Gunnar Björnstrand em LUZ DE INVERNO (1962)

Com tal riqueza de trabalho e dezenas de filmes ao longo de quase 70 anos de carreira, Bergman é um cineasta sobre o qual é difícil elaborar um top 10, mas vamos tentar. Como critério, tivemos somente a obrigatoriedade da passagem das obras em questão pelos cinemas. Assim, mesmo as minisséries que foram exibidas e editadas para o cinema são elegíveis.

Elegíveis, mas fora da lista, são os três grandes filmes que, nos anos 60, Bergman assinou sobre o silêncio de Deus. A Trilogia da Fé conclui que Deus ora nunca existiu ou está morto ou então é uma grande aranha de face rochosa com as suas patas a plantar caos entre a humanidade. Qual destas conclusões é menos assustadora nem Bergman parece saber, nem mesmo as suas personagens torturadas ao longo de “Em Busca da Verdade”, “Luz de Inverno” e “O Silêncio”. A grande razão pela qual não estão aqui presentes é o modo como se complementam uns aos outros e acabam por funcionar melhor como uma trilogia ideológica e filosófica do que como filmes individuais.

Lê Também:
A Volta ao Mundo em 80 Filmes

Para descobrires os 10 filmes escolhidos, segue estas setas para veres as várias páginas do artigo e explora o legado de um dos maiores génios do cinema.

1 de 11

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *