Ler notícias no Facebook poderá não ser gratuito

Os utilizadores não subscritores do serviço no Facebook terão um limite máximo de dez artigos gratuitos.

Segundo avança o The Street, o Facebook está a pensar criar um modelo de subscrição pago de notícias em que haverá um limite de dez artigos para quem não for membro.

Para já, não foi divulgado quais os países que avançarão com este sistema e o preço a pagar.

Esta será a resposta da plataforma criada por Mark Zuckerberg às solicitações da News Media Alliance, que reclama cada vez mais uma compensação por parte das grandes plataformas digitais, como o Facebook e o Google, já que se alimentam do trabalho de milhares de jornalistas e órgãos de comunicação social.


Vê também: Mapa das Séries | Todas as estreias nacionais de julho 2017


A News Media Alliance, organização que reúne os mais importantes títulos americanos, tem vindo a referir que, com a passagem para o digital, nunca houve tanta gente a ler noticias.

Por isso, é importante começar a pensar outra vez na monetização da informação e numa forma colectiva de negociar a sua utilização pelas plataformas agregadoras, entre as quais se destaca o Facebook, o Google ou o Instagram. Muito mais quando estas se tornaram os grandes concorrentes dos órgãos de comunicação social na angariação da publicidade, factor em grande parte responsável pela crise financeira vivida na generalidade da imprensa.

Cátia Santos

Observadora, comunicadora, crítica, muito curiosa, apaixonada pela escrita criativa e informativa. Devoradora de livros e de música, com um especial gosto por tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *