O Irlandês ©Netflix

New York Film Critics Circle Awards 2019 | O Irlandês é o filme do ano para os críticos Nova-Iorquinos

Os vencedores dos Prémios do New York Film Critics Circle, ou NYFCC, foram anunciados esta quarta-feira, dia 4 de dezembro, e assinalam mais um passo rumo à cerimónia dos Óscares, a acontecer no próximo dia 9 de fevereiro de 2020. “O Irlandês”, de Martin Scorsese, é para os críticos de Nova Iorque o filme do ano! 

O New York Film Critics Circle determinou os seus premiados de 2019, e para além de atribuir a “O Irlandês” a distinção de Melhor Filme, considera ainda Joe Pesci o Melhor Ator Secundário, pela sua interpretação como Russell Bufalino. Os irmãos Safdie foram considerados os Melhores Realizadores, e Laura Dern conseguiu um feito notável, venceu como Melhor Atriz Secundária tanto por “Marriage Story” como por “Mulherzinhas”. “Atlantique”, um filme comprado pela Netflix, vence Melhor Primeira Obra e começa a escalar rumo à nomeação a Melhor Filme Internacional nos Óscares.

É de destacar uma aceitação relativa às produções da Netflix, com premiações para “O Irlandês”, “Marriage Story”, “J’ai Perdu Mon Corps” e “Atlantique”. 4 Filmes do gigante de streaming bem presentes nesta corrida, o que simboliza uma possível mudança de paradigma.

Lê Também:
Satellite Awards 2020 | Le Mans '66: O Duelo lidera nomeações

O círculo de críticos de Nova Iorque é um dos muitos, e um dos mais influentes círculos norte-americanos, que entre o final do ano e o início de 2020 escolhem aqueles que consideram como os filmes do ano. O ano passado, o grande vencedor do NYFCC foi “Roma”, de Alfonso Cuáron, posteriormente nomeado a 10 prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Estes resultados começam a formar a temporada de prémios, depois de terem sido revelados esta semana os vencedores dos Gotham Awards de 2019, que consagraram “Marriage Story” como o seu grande vencedor, e depois de reveladas as escolhas da National Board of Review, que considerou também a produção da Netflix, “O Irlandês”, da autoria de Martin Scorsese, como o filme do ano.

Fiquem com a lista de vencedores abaixo: 

MELHOR FILME

“O Irlandês” de Martin Scorsese

MELHOR REALIZADOR 

Benny Safdie e Josh Safdie por “Uncut Gems”

MELHOR PRIMEIRA OBRA

“Atlantique”, de Mati Diop

MELHOR ATOR

Antonio Banderas por “Dor e Glória”, de Pedro Almodóvar

MELHOR ATRIZ

Lupita Nyong’o por “Nós”, de Jordan Peele

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

Joe Pesci por  “O Irlandês”, de Martin Scorsese

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

Laura Dern, por “Marriage Story” de Noah Baumbach e “Mulherzinhas” de Greta Gerwig

MELHOR ARGUMENTO

 Quentin Tarantino por  “Era uma Vez…em Hollywood”

MELHOR FOTOGRAFIA

“Portrait of a Lady on Fire”, de  Céline Sciamma

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

“Parasitas”, de Bong Joon Ho

MELHOR DOCUMENTÁRIO

“Honeyland”, de Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

“J’ai Perdu Mon Corps” de Jérémy Clapin 

PRÉMIOS ESPECIAIS

Indie Collect, Randy Newman

Muitos outros para além do New York Film Critics Circle irão revelar em breve os seus vencedores. Não se esqueçam de acompanhar o nosso artigo acerca desta temporada de prémios 2019/2020, para ficar a par de toda a calendarização! 

Maggie Silva

Comunicadora de profissão e por natureza. Dependente de cultura pop, cinema indie e vítima da incessante necessidade de descobrir novas paixões. Campeã suprema do binge watch, sempre disposta a partilhar dois dedos de conversa sobre o último fenómeno a atacar o pequeno ou grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *