"Star Wars: A Ascensão de Skywalker" | © NOS Audiovisuais

J.J. Abrams revela a sua cena preferida de Star Wars

De toda prequela Star Wars, será que adivinhas qual a cena que J.J. Abrams elegeu como a melhor?

O realizador de “Star Wars: A Ascensão de Skywalker“, J.J. Abrams, tem tido uma agenda completa no que toca à promoção do derradeiro capítulo da saga Skywalker. Lógico que ao falar sobre o final de uma saga que já dura há 40 anos é natural que mais cedo ou mais tarde, Abrams teria de exprimir a sua opinião. A surpresa está na cena que o cineasta decidiu destacar como a melhor da trilogia prequela…

Lê Também:
Star Wars: A Ascensão de Skywalker | Análise do trailer

Em entrevista à Entertainment Weekly sobre o Capítulo IX, a conversa desviou-se para os filmes lançados entre 1999 e 2005. Assim, entre “Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma” e “Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith,” J.J. Abrams afirmou que a sua cena preferida vem deste último. Não é que o filme não tenha boas cenas, mas a escolha recair sobre aquela em que o Senador Palpatine (Ian McDiarmid) seduz Anakin Skywalker (Hayden Christensen) para se juntar ao lado Negro da Força, com uma história sobre o Sith Lord Darth Plagueis, é no mínimo peculiar.

Há simplesmente qualquer coisa naquela cena. São apenas duas pessoas. É visualmente interessante. Mas penso que a interpretação do Ian é simplesmente espetacular.”

Como já sabemos desde aquele primeiro teaser, Palpatine irá regressar para fechar o ciclo. De acordo com Abrams, este é um ponto assente desde “O Despertar da Força.” A pergunta que se impõe é como? Será um fantasma da Força? Ou terá sobrevivido àquela que pareceu a morte certa em “O Regresso do Jedi”? Bom, a boa notícia é que faltam pouco menos de duas semanas para descobrirmos.

CLIP | STAR WARS: EPISÓDIO III – A VINGANÇA DOS SITH

Qual a tua teoria sobre o regresso do Darth Sidious?

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *