Terá a Dreamcast 2 o apoio da SEGA?

 

O projeto idealizado por fãs da SEGA pode estar mais perto de atingir as suas metas, mas será que a empresa japonesa irá apostar numa nova consola depois da Dreamcast?

Dreamcast

Antes da Playstation e a Xbox dominarem o mercado, a luta das consolas focava-se entre a Nintendo e a SEGA, que entre os finais da década de 80 e a primeira metade da década de 90 foram responsáveis pela grande dinamização das consolas de casa. Embora a Nintendo tenha conseguido manter o seu lugar no mercado, a SEGA acabou por perder o rumo quando a Dreamcast, lançada em 1999, foi abruptamente ultrapassada pela Playstation 2, acabando por ser descontinuada em 2001, apenas dois anos depois do seu lançamento.

Lê também: E3 2015 | Sony

A empresa continuou a produzir software para outras consolas, mas os fãs ficaram bastante desiludidos com a falta de apoio ao sistema que rapidamente se tornou uma consola de culto, tendo sido pioneira da sexta geração e introduzindo funcionalidades online. Com títulos exclusivos como Resident Evil Code: Veronica, Crazy Taxi e Jet Set Radio, que acabaram por receber ports para outras consolas, e Shenmue que continua a ser exclusivo da Dreamcast.

Mas o sonho continua, e uma nova Dreamcast pode estar em desenvolvimento. O projeto foi idealizado por fãs, e inicialmente seria uma consola capaz de rodar os clássicos da Dreamcast em alta definição, podendo reproduzir os discos originais ou, caso a SEGA permitisse, usaria uma loja virtual para poder comprar digitalmente os jogos e guardá-los diretamente no disco rígido da consola. A nova consola, intitulada Project Dream seria também uma porta para que novos estúdios indie possam lançar os seus jogos.

Lê também: Popularidade da Dreamcast subiu depois da E3

O site do Project Dream apresenta neste momento um contador que terminará em 7 dias. Embora não haja quaisquer confirmações, a contagem poderá indicar o início do kickstarter para o desenvolvimento da nova consola, no entanto a data coincide com a abertura de uma nova divisão da empresa japonesa, a SEGA Interactive, responsável por hardware.

A SEGA não confirmou qualquer ligação ao projeto, mas depois do surto de popularidade que a Dreamcast recebeu este ano com o anúncio de Shenmue 3, é possível que a empresa queira apostar numa nova consola.

Será que a SEGA vai voltar ao mercado das consolas? E  haverá espaço no mercado para uma nova consola de sala? As respostas chegam dentro de sete dias no site do Project Dream.

 

Gualter Santos

Licenciado em Comunicação Social. Viciado em Netflix. Sempre com uma consola no bolso para aproveitar ao máximo o tempo perdido em transportes públicos. Fã de jogos de ação e aventura, aventurando-se ainda num ou outro survival horror, quando se sente particularmente corajoso...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *