© NOS Audiovisuais

The Crown encontra a sua última Princesa Diana

“The Crown” já encontrou a sua Lady Di para a penúltima e última temporada da aclamada série.

Foi em julho deste ano que o criador de “The Crown“, Peter Morgan, confirmou que a série iria ter seis temporadas, ao invés de cinco como anunciado no início do ano. Agora chegou a vez de conhecermos a atriz que irá dar vida a Lady Di nas duas últimas temporadas.

A Netflix anunciou hoje que Elizabeth Debicki (“Viúvas“) foi a escolhida para substituir Emma Corrin, responsável por interpretar a Princesa Diana na quarta temporada. Desta forma, a atriz de origem polaco-australiana irá representar a falecida princesa nas temporadas lideradas por Imelda Staunton, a última rainha de “The Crown”. 2020 está a ser um ano cheio para Debicki, já que para além de “The Crown” também a iremos ver no aguardado “Tenet,” de Christopher Nolan.

O espírito da Princesa Diana, as suas palavras e ações vivem nos corações de muitos. É o meu privilégio e honra fazer parte desta série magistral, que me prendeu desde o primeiro episódio”, acrescentou Debicki ao comunicado.

Lê Também:
The Crown, terceira temporada em análise

A atriz junta-se assim aos membros já anunciados para as últimas três temporadas: Staunton enquanto a Rainha Elizabete II (atualmente desempenhada por Olivia Colman), Lesley Manville como a Princesa Margarida (Helena Bonham Carter na terceira temporada) e Jonathan Pryce no papel do Príncipe Filipe (interpretado por Tobias Menzies nas temporadas três e quatro).

A produção de “The Crown” deverá entrar agora em pausa até ao começo das filmagens da quinta temporada em junho do próximo ano, se tudo correr como planeado. Este calendário significa que a respetiva temporada só deverá estrear em 2022.

O ANÚNCIO FOI FEITO NAS REDES SOCIAIS DE THE CROWN

Também acompanhas a galardoada série?

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *