© Paramount Pictures

Tom Cruise | As 10 cenas de ação mais arriscadas de sempre

Para celebrar os 58 anos de Tom Cruise, leram bem, passámos a pente fino as exibições mais impossíveis da sua carreira, e selecionámos para vocês as 10 cenas de ação mais arriscadas de sempre!

Quem diria que, Thomas Cruise Mapother IV, que era somente um rapazito de quatorze anos, quando frequentou o seminário num mosteiro franciscano, local onde por sinal aprendeu o gosto pela representação, viria a tornar-se numa das estrelas de cinema mais glorificadas de Hollywood. Orgulhoso de ser o “stuntman” de si mesmo, Cruise é um prodígio da arte de bem representar, o último “moicano” do “cinéma verité”, que desafia todos os limites do realismo cénico, em detrimento do uso, só se necessário, de meios artificiais de representação. Viciado em adrenalina, há quem diga que as suas Missões Impossíveis são o palco experimental para os seus “Extreme Games” privados. Mas o mais impressionante, é que com quase 60 anos, Tom Cruise continua arriscar a sua própria vida em prol do entretenimento, com o mesmo fulgor e tenacidade de um “F-14 Tomcat”, o mesmo que o fez alcançar as luzes da ribalta em “Top Gun: Ases Indomáveis” em 1986.

Assim, é com aquela rajada de vento a bater-lhe na cara e o cabelo eriçado em chamas, que vos apresentamos as 10 cenas de ação mais arriscadas da vasta carreira de Tom Cruise, sem contar com o próximo “Top Gun: Maverick”, que só estreia no final do ano…?

1 de 10

“A Escalada Arrepiante Em MI:2”

© Paramount Pictures

Quem não se lembra da sequência inicial vertiginosa da segunda Missão Impossível, em que Tom Cruise, ele mesmo, sem qualquer duplo, aparece a escalar um penhasco com as próprias mãos, obviamente…Foi no maciço rochoso de “Dead Horse Point” em Utah, que o realizador John Woo, rezou a todos os santos para que Cruise não tivesse nenhum percalço, ele que apenas se encontrava suspenso por um cabo de segurança para amparar alguma queda. Ron Kauk, o seu duplo de serviço, orientava-o para o local pretendido e afastava-se depois para a filmagem, numa cena que teve de ser repetida sete vezes devido a problemas de focagem da câmera. Tom Cruise fez tudo sozinho, com a única exceção da parte em que escorrega e fica preso pela ponta dos dedos, que ficou a cargo do substituto Keith Campbell.

1 de 10

Quantas destas curiosidades é que já conhecias?

Lê Também:
Missão: Impossível - Fallout, em análise

Miguel Simão

Jurista e Poeta em algumas horas vagas. Cinéfilo incurável com forte pancada pelo sci-fi, que se perde algures pelo vício noturno de umas quantas séries televisivas de renome; amaldiçoado pelo perfecionismo estético de uma resma de palavras mais ou menos caras. Podem encontrar-me a divagar entre a Terra e o Espaço no meu blogue premiado Última Transmissão Humana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *