Top MHD | Os melhores posters de 2016 (Parte IV)

Nesta quarta parte do nosso top dos melhores posters do ano, chegamos finalmente aos 10 melhores cartazes de 2016.

 


<< PARTE III  |  PARTE V >>


 

10. JACKIE

jackie

Menos é mais, a contenção é o caminho para o sucesso e outras frases semelhantes são um deplorável cliché, mas isso não implica que estejam erradas. O cartaz minimalista de Jackie é prova disso mesmo, apresentando somente uma foto de Natalie Portman no papel principal, a assinatura da verdadeira figura histórica como título e uma paleta cromática dominada por um vermelho violento, que remete tanto para o icónico fato com que Jackie Kennedy fez a visita guiada à Casa Branca como para a violenta morte do seu marido.

Consulta Também: Veneza 73 (Dia 9) | Jackie, Uma Princesa Americana

 

09. EIS O ADMIRÁVEL MUNDO EM REDE

melhores posters Lo and Behold

Por muito sérios e quase niilistas que os documentários de Werner Herzog possam ser, existe sempre uma pitada de humor sardónico e absurdista a sombrear as suas investigações. É desse humor invulgar que nasce este perverso poster, onde um banal retrato em plano médio é tornado numa visão surrealista de um homem transmutado num turbilhão de circuitos. Oxalá o filme tivesse tanta ingenuidade visual como este cartaz, verdadeiramente um dos melhores posters do ano.

Lê Também: Lo and Behold, Reveries of the Connected World, em análise

 

08. VELUDO AZUL

blue velvet veludo azul melhores posters

Entre as várias reposições que marcaram o cinema de 2016 à escala internacional, nenhuma delas teve direito a cartazes mais belos que os de Blue Velvet. A obra enigmática e inebriantemente bizarra de David Lynch é aqui ilustrada com um turbilhão de imagens desconexas, coloridas, fortes, mas perdidas num mar de desvanecimento e caos organizado. Apesar de tudo isso, o resultado final é uma composição harmoniosa de uma beleza estonteante, onde o fantasma de um par de lábios rubros confere um erotismo eletrizante ao poster.

 

07. ANIMAIS NOTURNOS

animais noturnos nocturnal animals tom ford melhores posters amy adams

Animais Noturnos, o segundo esforço cinematográfico de Tom Ford, é um filme cheio de imagens marcantes e estudiosamente compostas, mas o seu cartaz principal foge aos excessos estilísticos do realizador. Ao invés disso, temos aqui um perfeito resumo gráfico da principal relação, emocional e estrutural, da narrativa do filme, entre uma leitora e a imagem do seu ex-marido, o escritor que a assombra, tanto como uma personagem fictícia e como uma memória meio esbatida do passado.

Vê Ainda: A fria elegância de Animais Noturnos

 

06. JULIETA

julieta melhores posters

O instante em que a versão jovem de Julieta se transforma na mulher de meia-idade cuja face está sempre presa numa expressão de amargura, é o momento mais marcante da mais recente obra de Pedro Almodóvar. Apercebendo-se da magia dessa cena, os designers deste cartaz usaram essa transição para unir as duas versões da personagem na mesma imagem, ao mesmo tempo que despiram o poster do vermelho que domina o filme em prol de um amarelo contrastante que destaca Julieta entre a filmografia de Almodóvar e seus muitos cartazes.

Lê Ainda: Julieta, em análise

 


<< PARTE III  |  PARTE V >>


 

Esta seleção dos melhores posters do ano chega ao fim na próxima página. Consegues adivinhar que filmes escolhemos?

 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *